E-mail     Facebook     Instagram     Linkedin
+55 11 2225-2079 E-mail contato@appadvogados.com
• Home
• Escritório
       Apresentação
       Perfil
       Compromisso
       História
       Cultura
       Parcerias
• Atuação
       Nacionalidade Portuguesa
       Nacionalidade Italiana
       Visto de Residência
       Direito Portugês
       Imigração
       Registros e Notariado
       Apostilamento de Documentos
• Equipe
       Sócios
       Parceiros
• Publicações
       Notícias
       Vídeos
       Newsletters
       Informação
• Recrutamento
       Procuramos
       Oferecemos
       Formulário
• Contatos
       Contato
       São Paulo - Brasil
       Lisboa - Portugal
Atuação
• Apresentação
• Imigração
• Nacionalidade
• Direito Português
• Direito Tributário
• Direito Empresarial
• Direito do Trabalho
• Direito Previdenciário
• Direito Civil
• Registos e Notariado
• Franchising
Direito Previdenciário
APP Advogados oferece a seus clientes assessoria jurídica qualificada em questões previdenciárias. A equipe dedicada à matéria possui conhecimento e experiência para fornecer assessoria ágil, precisa e técnica no desenvolvimento das seguintes atividades:

• Postulação Administrativa frente ao INSS - Instituto Nacional do Seguro Social; 

• Recursos Administrativos; 

• Concessão de Aposentadorias:

Aposentadoria por idade: A aposentadoria por idade é um benefício devido ao trabalhador que comprovar o mínimo de 180 meses de trabalho, além da idade mínima de 65 anos, se homem, ou 60 anos, se mulher. Para o “segurado especial” (agricultor familiar, pescador artesanal, indígena, etc), a idade mínima é reduzida em cinco anos.

Aposentadoria por idade da pessoa com deficiência: A aposentadoria por idade da pessoa com deficiência é um benefício devido ao cidadão que comprovar o mínimo de 180 meses trabalhados na condição de pessoa com deficiência, além da idade mínima de 60 anos, se homem, ou 55 anos, se mulher.
É considerada pessoa com deficiência, de acordo com a Lei Complementar n° 142/2013, aquela que tem impedimentos de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial que, em interação com diversas barreiras, impossibilitem sua participação de forma plena e efetiva na sociedade, em igualdade de condições com as demais pessoas.

Aposentadoria por tempo de contribuição: A Aposentadoria por tempo de contribuição é um benefício devido ao cidadão que comprovar o tempo total de 35 anos de contribuição, se homem, ou 30 anos de contribuição, se mulher.

Aposentadoria por tempo de contribuição da pessoa com deficiência: A Aposentadoria por Tempo de Contribuição da Pessoa com Deficiência é devida ao cidadão que comprovar o tempo de contribuição necessário para este benefício, conforme o seu grau de deficiência (veja na seção requisitos). Deste período, no mínimo 180 meses devem ter sido trabalhados na condição de pessoa com deficiência.
É considerada pessoa com deficiência, de acordo com Lei Complementar 142/2013, aquela que tem impedimentos de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial que, em interação com diversas barreiras, impossibilitem sua participação de forma plena e efetiva na sociedade, em igualdade de condições com as demais pessoas.

Aposentadoria por tempo de contribuição do professor: A Aposentadoria por tempo de contribuição do professor é um benefício devido ao profissional que comprovar 30 anos de contribuição, se homem, ou 25 anos de contribuição, se mulher, exercidos exclusivamente em funções de Magistério em estabelecimentos de Educação Básica (educação infantil, ensino fundamental e médio).

Aposentadoria por invalidez: A Aposentadoria por invalidez é um benefício devido ao trabalhador permanentemente incapaz de exercer qualquer atividade laborativa e que também não possa ser reabilitado em outra profissão, de acordo com a avaliação da perícia médica do INSS. O benefício é pago enquanto persistir a incapacidade e pode ser reavaliado pelo INSS a cada dois anos.
Inicialmente o cidadão deve requerer um auxílio-doença, que possui os mesmos requisitos da aposentadoria por invalidez. Caso a perícia-médica constate incapacidade permanente para o trabalho, sem possibilidade de reabilitação em outra função, a aposentadoria por invalidez será indicada.

Aposentadoria especial por tempo de contribuição: A Aposentadoria especial é um benefício concedido ao cidadão que trabalha exposto a agentes nocivos à saúde, como calor ou ruído, de forma contínua e ininterrupta, em níveis de exposição acima dos limites estabelecidos em legislação própria.
É possível aposentar-se após cumprir 25, 20 ou 15 anos de contribuição, conforme o agente nocivo. Além do tempo de contribuição, é necessário que o cidadão tenha efetivamente trabalhado por, no mínimo, 180 meses desse período. Períodos de auxílio-doença, por exemplo, não são considerados para cumprir este requisito.

Auxílio-doença: O auxílio-doença é um benefício por incapacidade devido ao segurado do INSS acometido por uma doença ou acidente que o torne temporariamente incapaz para o trabalho.

Auxílio-acidente: O auxílio-acidente é um benefício a que o segurado do INSS pode ter direito quando desenvolver sequela permanente que reduza sua capacidade laborativa. Este direito é analisado pela perícia médica do INSS, no momento da avaliação pericial. O benefício é pago como uma forma de indenização em função do acidente e, portanto, não impede o cidadão de continuar trabalhando.

Auxílio Reclusão: O Auxílio-reclusão é um benefício devido apenas aos dependentes do segurado do INSS (ou seja, que contribui regularmente) preso em regime fechado ou semiaberto, durante o período de reclusão ou detenção. O segurado não pode estar recebendo salário de empresa nem benefício do INSS.
Para que os dependentes tenham direito, é necessário que o último salário recebido pelo segurado esteja dentro do limite previsto pela legislação (atualmente, R$ 1.212,64). Caso o último salário do segurado esteja acima deste valor, não há direito ao benefício.

Salário Maternidade: O salário-maternidade é um benefício pago às seguradas que acabaram de ter um filho, seja por parto ou adoção, ou aos segurados que adotem uma criança. 

LOAS (deficientes físicos, mentais etc): O Benefício da Prestação Continuada da Lei Orgânica da Assistência Social (BPC/LOAS) é a garantia de um salário mínimo mensal ao idoso acima de 65 anos ou ao cidadão com deficiência física, mental, intelectual ou sensorial de longo prazo, que o impossibilite de participar de forma plena e efetiva na sociedade, em igualdade de condições com as demais pessoas.
Para ter direito, é necessário que a renda por pessoa do grupo familiar seja menor que 1/4 do salário-mínimo vigente.
Por se tratar de um benefício assistencial, não é necessário ter contribuído ao INSS para ter direito a ele. No entanto, este benefício não paga 13º salário e não deixa pensão por morte.

Pensão por Morte: A pensão por morte é um benefício pago aos dependentes do segurado do INSS que vier a falecer ou, em caso de desaparecimento, tiver sua morte presumida declarada judicialmente.

Benefício assistencial ao trabalhador portuário avulso: É a garantia de um salário mínimo mensal ao cidadão com no mínimo 60 anos que, na condição de trabalhador avulso em área portuária, não tenha implementado as condições mínimas necessárias para se aposentar, nem possua renda suficiente para manter a si mesmo e à sua família.
Além de comprovar a condição de trabalhador avulso em área portuária, para ter direito ao benefício é necessário que a renda por pessoa do grupo familiar seja inferior a 1/4 do salário-mínimo. Esta renda será avaliada considerando o salário do beneficiário, do esposo (a) ou companheiro (a), dos pais, da madrasta ou do padrasto, dos irmãos solteiros, dos filhos e enteados solteiros e os menores tutelados, desde que residam na mesma casa.
Por se tratar de um benefício assistencial, não é necessário que você tenha contribuído para o INSS para ter direito a ele.  No entanto, este benefício não paga 13º salário e não deixa pensão por morte.

• Planejamento Previdenciário; 

• Contagem de tempo de Contribuição;

• Orientação para Requerimento do Melhor Benefício; 

• Revisão de todos os tipos de Benefício;

São Paulo - Brasil
Endereço:
Rua Sílvio Barbosa, 28
CEP 07111-010
Guarulhos - SP - Brasil
Contato:
Telefone: +55 11 2225-2079
E-mail: contato@appadvogados.com
Lisboa - Portugal
Endereço:
Avenida Fontes Pereira de Melo, 35, 19º B
1050-118
Lisboa - Portugal
Contato:
Telefone: +351 210 961 080
E-mail: contato@appadvogados.com
HomeEscritórioAtuaçãoEquipePublicaçõesRecrutamentoContatos
E-mail    Facebook    Instagram    Linkedin
HomeEscritórioAtuaçãoEquipePublicaçõesRecrutamentoContatos
E-mail    Facebook    Instagram    Linkedin
São Paulo - Brasil
Rua Sílvio Barbosa, 28 - CEP 07111-010 - Guarulhos - SP - Brasil
Telefone: +55 11 2225-2079 - E-mail: contato@appadvogados.com
Lisboa - Portugal
Avenida Fontes Pereira de Melo, 35, 19º B, 1050-118 - Lisboa - Portugal
Telefone: +351 210 961 080 - E-mail: contato@appadvogados.com
APP Advogados © - 2019 - Todos os Direitos Reservados
DUPLA NACIONALIDADE CONTATE‐NOS
X
PARA OBTER MAIS INFORMAÇÕES
SOBRE A DUPLA NACIONALIDADE
PREENCHA O FORMULÁRIO ABAIXO.
Dados Pessoais
Mensagem *
 
* campos de preenchimento obrigatório